quinta-feira, 30 de maio de 2013

25 músicas impressionantes de Alice Cooper


Alice Cooper é um dos meus artistas preferidos, e apesar de ser um roqueiro consideravelmente famoso deve ser ao mesmo tempo o músico mais subestimado da face da Terra. A maior parte dos seus trabalhos nesses mais de 30 anos de carreira são de qualidade, e sua originalidade é impressionante, mas poucas músicas são realmente famosas. Gostando muito delas, já pensei várias vezes em fazer um top 10 melhores músicas do Alice, mas isso torturaria minha alma, ter que selecionar 10 músicas que eu mais goste dele... portanto, achei que seria interessante separar 25 músicas dele que são realmente peculiaridades e mostram os diferentes traços da sua profunda genialidade.

OBS.: Venho atualizando esse post de tempos em tempos desde quando descobri que ele já estava com centenas de views, porém, os vídeos vem sendo excluídos do YouTube o tempo todo, então parei. Sei que dá pra pesquisar o nome da música e ver um vídeo que ainda esteja on.


1-School's Out



Essa música é de 1972, bem no início da longa carreira de Alice, mas mesmo assim já se tornou um dos maiores clássicos do rock. Se tornou provavelmente a música mais famosa dele junto a Poison e isso se deve por ter se tornado na época um hino internacional juvenil contra as escolas, como ele mesmo define. Ninguém mais tinha os culhões da banda de Alice para dizer "tá todo mundo cheio da escola", apesar de não ser um artista que se mantém apenas com polêmicas, Alice se dava bem com elas desde o início.

2-I'm Eighteen



Eighteen também é uma das mais famosas, creio que o mais impressionante nela seja a letra única. A banda simplesmente escreveu uma música que se trata de algo que todos que passam pela adolescência sentem, muito difícil não se identificar "I'm the middle, without any plans/I got baby's brain and old man's heart, took eighteen years to get this far " e etc. Nas versões ao vivo essa música é ainda mais poderosa, com grandes solos de guitarra e às vezes outros instrumentos que são usados mais ao vivo, mas raramente a gaita.

3-Halo of Flies



Uma das músicas da banda original de Alice que é comparável a grandes composições de bandas como Black Sabbath e Led Zepellin, apesar de Alice Cooper raramente ser lembrado dessa forma. É uma das poucas, mesmo não sendo a única, música deles que tem tanto tempo (mais de 8 minutos) e um instrumental tão extenso, mesmo assim o vocal teatral de Alice não ficando ofuscado. A música é de alguma forma teatral, por mais que seja difícil de explicar, parece que os instrumentos estão passando por uma história. Na turnê de 2011, No More Mr Niceguy Tour, Alice tocou essa grande canção novamente, como não acontecia há muuuuuuito tempo, realmente muita sorte pra quem foi (que não foi o meu caso) porque não vai rolar de novo.

4-Ballad of Dwighty Fry


Essa também é meio famosa pela forma que é tocada ao vivo, com Alice em uma camisa de força interpretando o prisioneiro insano e atormentado que a música narra. Não precisa muito explicar porque ela é impressionante, começa com o piano e a filha do protagonista falando já dando sequência ao viciante violão da música e a sua impressionante letra. Não coloco um vídeo ao vivo porque nunca vi um em que eles tocassem a música toda. Curiosidade: A música foi tocada no filme Sombras da Noite (2012) de Tim Burton+Johnny Depp, com Alice usando a camisa de força ao vivo.

5-I Love The Dead


Está entre as mais polêmicas tranquilamente, sendo uma música sobre necrofilia (sexo com mortos pra quem não sabe). O clima da música é de suspense e terror depois passando para um romance que parece sair do fundo do peito, e a letra como não pode deixar de ser com Alice, é impressionante. Essa música é tocada bastante ao vivo já que Alice costuma "morrer" nos shows, seja enforcado, envenenado, perfurado, eletrificado... aí é a oportunidade perfeita.

6-Only Women Bleed


Aqui passamos para quando a banda Alice Cooper se desfez e o vocalista Alice começou a sua carreira solo e lançou o marcante Welcome to my Nightmare, talvez o seu álbum mais famoso. Versatilidade estava no álbum que não era hard rock nem de longe, tinha influências de blues e jazz. No caso de Only Women Bleed, é uma música sobre violência doméstica contra as mulheres, uma canção que poucos sabem, mas é do Alice, haha. Mais uma de várias canções que Alice não fala de monstros, fantasmas ou mortos, mas de temas raramente explorados na Música.

7-Steven


Uma música de dar arrepios sobre tormentos com espíritos. Bem, ouça como Alice canta, é genial e inegavelmente como diz o título do post, impressionante.

8-I Never Cry


Nessa Alice explora (se baseando em si mesmo) as emoções de pessoas que são raramente lembradas na arte: os durões. A música é como uma confissão do homem com coração de pedra, que nunca chora, mas não quer ficar sozinho, porque esse é o melhor que pode dar, não há outras músicas como essa. Assim como em Only Women Bleed, nessa Alice deixa de lado as ironias e piadas e faz uma música realmente emocionante. Na época ele estava tendo problemas com a esposa porque bebia demais. Nesse vídeo que eu coloquei ele tocou a música com alguns segundos a menos, mas gosto tanto da emoção que ele coloca que nem me importo. Alice quase não tem clipes, mas suas atuações ao vivo até que compensam.

9-Clones (We're All)


Clones fala de... clones! A música é bem pop, a letra é cheia de sacadas interessantes como "Six is having problems!" "We destroyed the government, we're destroyng time! No more problems on the way!" e ainda tem um toque de drama na vida desses "clones" no refrão que diz que os clones são todos sozinhos mesmo tendo vários do mesmo tipo, é como se na música fossem criadas personalidades com uma história.

10-DaDa


Uma música assustadora sem vocais, até a capa desse álbum é sinistra, ouça se tiver coragem... as músicas desse álbum são bem desconhecidas, eu não conheço todas então não posso recomendar.

11-I Love America


Mais uma música esquisita e ao mesmo tempo impressionante do álbum DaDa, como ele fala/canta meio rápido, vou deixar a letra aqui.

I love that mountain with those four big heads
I love Velveeta slapped on Wonder Bread
I love a commie... if'n he's good and dead, yup
I love America

I love Old Glory and homemade pie
I think them Ruskies should be sterilized
I love my chicken Kentucky Fried...
Finger Lickin' Good!

Hey there, this is A.B. Cooper from
Cooper's Carnival of Clean and Classic Cars
It's our Fourth of July ... sale.
Here at Cooper's Carnival of Clean and Classic Cars
At the corner of Collins and Commerce
I've got lot full of the finest funny looking cars money can buy
At prices even you can afford
So come on down and say hello to me, and granny
And bring the kids to meet my snake
I say, "bye"
Granny says, "bye"
and the snake says, "sssssssssss"

I love General Patton in World War II
My Pocket Fisherman and my Crazy Glue
I love the Beav and Wally too, yeah
I love America

I love the bomb, hot dogs and mustard
I love my girl, but I sure don't trust her
I love what the Indians did to Custer
I love America

Here they come!
There they go!

I love my jeans and I love my hair
I love a real tight skirt and a real nice pair
And on the fourth of July, I love the rockets' red glare
I love America

I watch the A-Team every Tuesday night
I graduated, but I ain't to bright
I love Detroit 'cause I was born to fight
I love America

I love the Tigers but I hate the Mets
I ride my Hog but I race my Vette
I gotta job, but hell I'm still in debt
I love America

I love my bar and I love my truck
I'd do most anything to make a buck
I love a waitress who loves to... flirt!
They're the best kind
I love America
Turn me on
Well, I gotta go now
I love America
Bye Bye, I tell you what though, I really do love it
You ain't going to catch me at no mayday rally

Tirei a letra da descrição do próprio vídeo.

12-Roses On White Lace


Nesse post já passamos pelas músicas de hard rock, pop e as difíceis de descrever de Alice, agora a primeira que vou colocar de heavy metal. Caso você não conheça muito, saiba que Alice tem músicas bem pesadas, um dos melhores exemplos é Roses On White Lace do álbum Raise Your Fist And Yell (1987). A letra faz analogia entre um assassinato brutal e um casamento, dizendo por exemplo no refrão que na mente dele, manchas de sangue são rosas no pano branco.

13-Poison



A música mais lembrada do álbum Trash (1989). Sem dúvida foi uma das músicas mais marcantes do final dos anos 80. Se você gosta de Poison (e provavelmente gosta), o álbum Trash está cheio de canções similares, como Bed of Nails, Spark in the Dark e I'm Your Gun, que usam analogias curiosas para fazer músicas agitadas e românticas. Alice diz que essa é uma das músicas que a banda mais se dedicou em fazer, sendo que gravar apenas os back-vocals levou dois dias, sem dúvidas valeu o esforço.

14-Hell Is Living Without You



Eu podia colocar várias outras músicas do álbum Trash pelo mesmo motivo que Poison, mas deixarei apenas Hell Is Living Without You ajudando a representar o álbum Trash. O mais legal é como as palavras ligam umas frases às outras no refrão.

15-Hey Stoopid



Já vou dizendo que Hey Stoopid é o meu álbum preferido de Alice Cooper, lançado em 91. Com Hey Stoopid Alice passa a mensagem ao seu jeito de que os adolescentes usando drogas e se suicidando estão sendo idiotas. A maior parte dos músicos acaba soando clichês e parentais quando tenta fazer isso, mas não Alice, a música inclusive já se chama "Hey otário!". Ozzy Osbourne faz uma participação minúscula nessa música, inclusive aparecendo no clipe. Alice disse que nessa época parecia que todo o rock estava entrando em depressão (Nirvana... hehehe), e por isso fez essa música.

16-Might As Well Be On Mars



Já postei essa música no blog antes. É uma das mais longas e incríveis músicas da carreira de Alice, além de uma das mais subestimadas, afinal não é muito famosa mesmo sendo incrível. Além da letra que fala sobre um sofrimento amoroso de um triste sujeito que não é notado pela sua amada "Eu poderia estar em Marte, você não pode me ver, eu poderia ser o homem na Lua, você não me ouve" ainda há a sonoridade única da canção, uma pena que seja uma música pouco conhecida.

17-Nothing Is Free



Essa vem do álbum the Last Temptation (1994), que fechou uma fase clássica de Alice, beirando entre o rock mais purinho que ele estava tocando e suas músicas mais alternativas que viriam no séc. XXI. O que me impressiona mais que a letra nessa é a sua sonoridade, que inclusive fica ainda melhor ao vivo, adoro o solo de guitarra e a forma que os vocais se combinam no final.

18-Brutal Planet



O álbum Brutal Planet (2000) foi marcante, muito diferente de tudo que Alice tinha feito anos atrás, uma experiência feita sem medo que resultou em um excelente álbum. A música título é uma das mais marcantes com a sua pesada letra crítica.

19-Take It Like a Woman



Indo no caminho oposto das outras músicas de Brutal Planet, Take It Like a Woman é uma música suave, tendo como tema a decepção e a força pós-decepção de uma mulher que se uniu a um homem que a maltratava e violentava. Parecida com Only Women Bleed do álbum Nightmare? Sim, no álbum Dragontown ainda há uma terceira música para fechar a trilogia: Every Woman Has a Name.

20-Sanctuary



Também de Brutal Planet, Sanctuary é extremamente pesada e o vocal de Alice é incrível, criticando o homem comum e alienado de uma forma que ficaria cômica se não fosse trágica.

21-Vengeance Is Mine



Com Slash tocando na música e até aparecendo no clipe, Vengeance Is Mine conseguiu ser uma das músicas mais populares de Alice em muitos anos, tendo mais de 1 milhão de views no youtube, e é raro Alice conseguir esse nível de popularidade. O álbum Along Came a Spider conta sobre o assassino The Spider, sendo mais um de vários álbuns temáticos, os clipes foram feitos com bastante dedicação mostrando as ações do serial killer. A maior parte dos adolescentes roqueiros conheceu essa música na época que lançou.

22-Caffeine



Apesar de ter vendido bastante, o álbum Welcome 2 My Nightmare foi extremamente polêmico com Alice não se importando em fazer músicas extremamente alternativas, chegando até a cantar com Ke$ha na música pop What Baby Wants. Caffeine deve ser a mais legal do álbum, não perde o seu ritmo pesado e ainda tendo um vocal completamente teatral e meio que cartunesco e cômico de Alice no refrão.

23-Disco Bloodbath Boogie Fever



Essa é a música mais difícil de acreditar do álbum Welcome 2 My Nightmare. Alice realmente fez uma música eletrônica, colocando humor negro na letra, é extremamente estranho até que entra o heavy metal no final com um dos solos mais fortes da carreira de Alice. A música é uma constante surpresa, ninguém imaginava que Alice fosse cantar como um... dj.

24-Something To Remember Me By



No seu último álbum Alice provou que consegue fazer uma música romântica bem bonita e naquele estilo tremendamente clássico.

25-I'm Always Chasing Rainbows



Pra fechar, um cover (ele tem vários) de Alice no álbum Goes to Hell. O que eu posso comentar...? Quem esperaria que ele tocaria algo assim? Seria divertido ver ele tocando essa ao vivo, haha. E aí, se sentiu convencido? Não achou as músicas impressionantes?

Bem, espero que tenham gostado, é claro que ainda há muitas outras, acho que selecionar 25 já é o bastante, imagino que o post já deve ficar bem pesado no computador de algumas pessoas tendo tantos vídeos! Remember the Coop!

Posts similares:

10 Músicas Polêmicas do Rammstein
10 Músicas Resumindo Ronnie James Dio
10 Músicas Resumindo Geezer Butler
10 Músicas Resumindo Ozzy Osbourne
10 Histórias do Rock

5 comentários:

  1. hahahaha tenho a discografia dele, todos os álbuns u.u, ótimo artista !!

    ResponderExcluir
  2. A lista é boa,porém senti falta da you and me,acho essa a melhor música dele,pois a ouvi quando pequeno,e nem me passava pela cabeça que essa música era dele,então num belo dia...fusando nas músicas do Alice,as mais acessadas a encontrei,foi maior emoção.

    ResponderExcluir
  3. A lista está muito boa mas faltou HOW YOU GONNA SEE ME NOW.

    ResponderExcluir